sábado, 18 de dezembro de 2010

Os Beijinhos, uns bolos que esquecemos


Recebi de presente um saquinho de “beijinhos”. Fiquei radiante porque há anos que não os via.
Se perguntarem aos mais novos já ninguém conhece uns bolinhos chamados «beijinhos». Experimentem e perguntem aos mesmos se conhecem os bolos americanos, agora vendidos em franschising, e que dão pelo nome de “cup cakes”. Todos conhecem e, se não é ainda o caso, vão conhecer ou vão querer comer. Não é que sejam a mesma coisa. De comum só têm a cobertura colorida, mas é esse o seu atractivo.

Os beijinhos são uns doces tradicionais feitos com uma base tipo pastilha, feita com massa idêntica à das línguas de gato e decoradas com um glacé colorido.

A diferença entre as línguas de gato e os beijinhos é que as primeiras são feitas com duas pastilhas que, ao cozerem no forno se juntam, dando a forma da língua, enquanto os beijinhos são feitos apenas com uma pastilha. Por outro lado as línguas de gato não recebem qualquer cobertura, enquanto os beijinhos são cobertos com um glacé colorido.

Há alguns anos atrás no dia de Todos os Santos, nas aldeias, os jovens iam pedir o «Santorinho» ou o «Pão por Deus». Levavam sacos de pano que iam enchendo com os presentes das pessoas que visitavam. Normalmente frutos secos, nozes, línguas de gato, beijinhos, etc.
Tudo isso se perdeu e em substituição importámos o Halloween.

Digam lá se não é a isto que se chama ser saloio.

13 comentários:

Ciliiinha Rosa disse...

Nunca me lembrei que os "Beijinhos" tivessem desaparecido da tua vida...Por isso é que nunca te ofereci nenhuns. Costumo comprar beijinhos sempre que os vejo. São bonitos, vistosos,decorativos, e bons.
Em Coimbra encontrei sacos de "Beijinhos" com o nome de "Camélias".
Não é a mesma coisa com esse nome. "Beijinhos" coloridos e perigosamente duros são muito mais simbólicos, não concordas?
C.

Carlos Caria disse...

Também no Alto da Lixa/Amarante existem os Bolinhos de Amor, que são uma variante dos beijinhos.
Abraços para todos com um Santo e Feliz Natal e muitos beijinhos.

Ana Marques Pereira disse...

Cilinha,
Gostei da expressão «perigosamente duros» que traduz a forma subtil de pensamento «oxalá que não parta um dente» de cada vez que comemos um beijinho.
Em Lisboa não se encontram beijinhos. Estes vieram da Covilhã.
Um beijinho ods outros.

Ana Marques Pereira disse...

Carlos Caria,
Não conheço esses bolinhos de amor.
Do pouco que encontrei não me pareceu a mesma coisa.
Um bj e Feliz Natal.

Anónimo disse...

Eu compro-os em Lisboa. Adoro!

Leonor Nunes

Ana Marques Pereira disse...

Leonor,
Onde é que compra os beijinhos?
Obrigada.

Anónimo disse...

Compro-os em Benfica, no Centro Comercial das Pedralvas, num supermercado que lá existe. Ainda hoje os vi lá.

Leonor Nunes

Ana Marques Pereira disse...

Obrigada Leonor.

mar disse...

Ana, como estou de acordo consigo!
È revoltante como abandonamos o que mais genuíno há em nós para corrermos atrás de… daquilo que nos vendem como divertido, ou moderno, ou culto, ou… Quando na realidade só estamos a importar as tradições também «Saloias», (porque tradicionais, do povo), dos outros Países, só que apresentadas com um «brilho» que nunca soubemos dar às nossas.
E no que toca aos Beijinhos, como é que se comem os ditos?
Sempre que vejo os anúncios das Bolachas OREO (que bem publicitadas que são) lembro-me dos Beijinhos, e o método com que habitualmente os comia em criança:
Primeiro separava delicadamente, com os dentes, o glacê da bolacha, amolecia-os e fazia-o fragmentar no céu-da-boca, apreciava o doce, e depois engolia, de seguida é trincava a bolacha.
Os Beijinhos são uma daquelas iguarias do tempo em que com as gemadas e os torrões de açúcar eram os doces por excelência da criançada.

Ana Marques Pereira disse...

Mar,
Gostei do modo como descreveu a forma de comer os beijinhos. É engraçado, porque realmente tem uma técnica e essa de comer primeiro o glacé era a mais frequente. Nunca tinha pensado nisso. Se calhar era porque viamos os outros comê-las assim. Ou porque nos permitia apreciar os dois paladares de forma distinta.

Anónimo disse...

Ainda conseguem encontrar Beijinhos em Lisboa? Vendiam numa padaria na Calçada do Sacramento, mas fechou :(

Ainda há nesse Centro Comercial Pedralvas? Há muitos anos que lá não vou.

Feliz Ano Novo a todos! :)
Anabela

Maria Cavaco Lobo disse...

Ontem vi e comprei um saquinho ,mas não tem nada a ver com os que comia há 60 anos....o glace é muito duro e não deve tapar tanto a bolachinha....

Anónimo disse...

www.cavacasdascaldas.com

Fabricantes de Beijinhos das Caldas e Beijinhos em flor.